Olimpíada internacional de Matemática

Brasileiro conquista medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática

 

Não sou “ideóloga de plantão”. Na verdade, nem sei o que esta expressão significa. Sou a favor da conquista das aprendizagens por todos os estudantes. As olimpíadas proliferam. Cada grupo de professores defende a da sua.área de atuação. Isso me intriga. Tanto esforço desses mestres para que os estudantes “selecionados” sejam os vencedores não poderia ser empregado para que todos aqueles com quem trabalham aprendam? Não é esta a função da escola democrática?

 

JC Notícias – 13/07/2018

Brasileiro conquista medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática

Equipe também ganhou quatro bronzes no torneio disputado na Romênia

Se na Copa do Mundo de futebol na Rússia a Seleção Brasileira caiu nas quartas de finais e voltou para a casa de mãos abanando, no torneio internacional de Matemática disputado em Cluj-Napoca, na Romênia, a situação é outra: o Brasil acaba de conquistar uma medalha de ouro e quatro de bronze.

O destaque da equipe é o estudante Pedro Lucas Lanaro Sponchiado, 17 anos, de São Paulo (SP). Ele marcou 35 pontos, dos 42 possíveis, nas duas provas da 59ª edição da Olimpíada Internacional de Matemática (IMO) e retorna ao país com a medalha de ouro. Ele ficou em 12º lugar na colocação geral entre os quase 600 estudantes que participaram da competição.

Com ótimo desempenho, outros quatro membros do time Brasil ganharam medalhas de bronze. Foram eles: Bruno Brasil Meinhart, 17 anos, e Pedro Gomes Cabral, 15 anos, de Fortaleza (CE), e Bernardo Peruzzo Trevizan, 16 anos, e André Yuji Hisatsuga, 18 anos, também de São Paulo (SP). Lucas Hiroshi Hanke Harada, 17 anos, ficou com a menção honrosa.

A equipe liderada pelos professores Régis Prado Barbosa, de São Paulo, e Armando Barbosa Filho, de Fortaleza, ficou na 28ª posição no quadro geral da competição, superando o desempenho do ano anterior, quando ficamos na 37ª colocação ao ganhar duas medalhas de prata, uma de bronze e duas menções honrosas.

Neste ano, a IMO contou com mais de 107 equipes de todo o mundo e 594 estudantes. Em 2017, a competição foi realizada no Rio de Janeiro e teve recorde de participantes: 623 estudantes de 111 países.

Brasil na IMO

IMO é a mais antiga e prestigiada olimpíada científica para estudantes do Ensino Médio. Criada em 1959, conta com a participação do Brasil desde 1979.

Ao longo dos últimos 39 anos, as equipes brasileiras conquistaram 130 medalhas, sendo 10 de ouro, 43 de prata e 77 de bronze, além de 32 menções honrosas.

Dois pesquisadores do IMPA ganharam medalha de ouro na IMO. O Medalha Fields Artur Avila, em 1995, e Carlos Gustavo Moreira, o Gugu, em 1990.

Impa

Continue a ler »Brasileiro conquista medalha de ouro na Olimpíada Internacional de Matemática