MCTI premia estudantes da Olimpíada Nacional de Ciências 2022

JC Notícia – 30/11/2022

Alunos de escolas públicas e privadas que tiveram destaque na olimpíada receberam certificado e medalha

Mais de 50 alunos de escolas públicas e privadas de Brasília selecionados na Olimpíada Nacional de Ciências MCTI – ONC 2022 foram premiados, nesta terça-feira (29), durante a 19ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, em Brasília (DF). Os estudantes com melhor classificação receberam medalhas e certificados, representando os mais de 3 milhões de inscritos na Olimpíada deste ano, distribuídos por mais de 4,5 mil municípios do país.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Paulo Alvim, participou da entrega das medalhas e ressaltou como as olimpíadas de conhecimento são instrumentos de transformação e construção de futuro por meio da associação entre educação, ciência, tecnologia e inovação.

O diretor de Difusão e Promoção da Ciência do MCTI, Daniel Lavouras, parabenizou alunos, pais e representantes de escolas como protagonistas do evento. “Estamos aqui para celebrar o talento de vocês”, disse. Segundo ele, a premiação dos mais bem classificados nas olimpíadas é uma consequência natural de um processo que envolve milhões de alunos, importantes para o futuro do país.

A Olimpíada Nacional de Ciências é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) desde 2016 e tem como objetivos despertar e estimular o interesse pelo estudo das ciências naturais; além de identificar estudantes talentosos e incentivar seu ingresso nas áreas científicas e tecnológicas. Participam estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental; em qualquer ano do Ensino Médio e estudantes da 4ª série do Ensino Técnico e que não tenham ingressado em curso superior. As provas incluem questões de Astronomia, Biologia, Física, História e Química.

MCTI

Comentário de Benigna Maria de Freitas Villas Boas: é questionável a afirmação do diretor de Difusão e Promoção da Ciência do MCTI, Daniel Lavouras que, após parabenizar os alunos, pais e representantes de escolas, disse: “Estamos aqui para celebrar o talento de vocês”. Segundo ele, a premiação dos mais bem classificados nas olimpíadas é uma consequência natural de um processo que envolve milhões de alunos, importantes para o futuro do país. A classificação não deveria ser um processo natural. Por que não encontrar um meio de valorizar a participação de todos os estudantes, sem premiar os “melhores”?